quinta-feira, dezembro 02, 2010

Jingle Bells

Luzinhas piscando, caixinhas, gente resmugando.
Outro Natal chegando.
Uma reflexão sobre as escolhas que fiz nos últimos anos e uma pergunta:
Qual a graça de fazer farofa com azeitona?
Mais um Natal sem você. E eu ainda lembrando do nosso último.

quarta-feira, dezembro 01, 2010

I wanna a Range Life

Deixa eu te poupar de passar vergonha porque se você perguntar, eu vou dizer que está tudo bem. Mas a verdade é que: me divorciei; um projeto em que eu apostava todas minhas fichas não deu certo; meu tio foi assassinado em frente aos filhos, dentro de casa; minha mãe teve de viajar sozinha, as pressas, ficou arrasada; meu carro foi roubado. Mais ou menos nessa ordem. Se perguntarem por mim, diz que mandei um beijo.

Ai, se cada vírgula fosse um suspiro de alívio.

sexta-feira, novembro 26, 2010

Lover, lover

Eu deveria postar alguma coisa minha, mas essa é a letra mais bonita que alguém poderia compor. E a voz dele...ah, a voz dele.



It's never over, my kingdom for a kiss upon her shoulder
It's never over, all my riches for her smiles when i slept so soft against her
It's never over, all my blood for the sweetness of her laughter
It's never over, she's the tear that hangs inside my song forever

Well maybe I'm just too young
To keep good love from going wrong

sábado, novembro 13, 2010

Da Clarice

Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente. Porque eu, só por ter tido carinho, pensei que amar é fácil.

quinta-feira, novembro 04, 2010

To make you feel my love



I know you
Haven't made
Your mind up yet
But I would never
Do you wrong
I've known it
From the moment
That we met
No doubt in my mind
Where you belong

sexta-feira, outubro 01, 2010

Do sétimo andar

Parece que foi ontem, eu fiz
aquele chá de habu
pra te curar da tosse do chulé
pra te botar de pé